terça-feira, 23 de outubro de 2012

Um momento de "estante". - por Thiago Assoni.



Eu cansei de sempre ouvir as mesmas desculpinhas esfarrapadas!
Quero é mais viver uma vida tal como uma estante.
Sim, uma estante.
Não é pelo fato dela estar sempre parada decorando o mesmo ambiente não.
Não é isso.
Já observou o que geralmente acontece com uma estante?
Ela está lá, no canto dela.
Tudo em seu devido lugar.
Às vezes suja, pega pó.
Precisa ser arrumada, reorganizada.
Ganhar mais espaço, se livrar de coisas inúteis.
É assim com uma estante.
Por isso queria ter um momento de "estante".
Alguém chegar e revirar tudo,
me tirar tudo.
Aquilo o que estava num lugar que me parecia ser certo,
ganhar sentido novo em outro canto de mim.
Fazer uma bagunça, limpar os espaços difíceis de alcançar.
Ou pelo menos tentar fazer isso.
Se não conseguir, passa um paninho e já tá bom.
Quero uma faxina!
Uma faxina completa!
E então, depois que terminar, não precisa ficar comigo para sempre.
Basta saber colocar tudo no lugar
Mesmo que não seja o mesmo lugar de antes,
basta saber deixar arrumado antes de partir.
Basta não quebrar nada que fique na estante.
Basta saber como colocar cada coisa no seu lugar,
sendo as coisas antigas ou deixando coisas novas.
Basta saber partir sem machucar, sem ferir.
Sem fazer chorar, sangrar...

Eu só queria esse momento de estante.



terça-feira, 9 de outubro de 2012

Parábola do Ônibus... - por Thiago Assoni.


Alguém já parou pra pensar como é romântico pegar um ônibus?
NUNCA???

Pois vejamos...

Pegar um Ônibus é tal como fazer escolhas na sua vida, um namoro, por exemplo.
Reparem:
Você está lá, no ponto, e bem ao longe você sabe: Lá vem ele.
Sabe que é isso que vai te levar mais longe, te levar pra onde você está querendo chegar.
Então, você dá o sinal!
Esse é o primeiro flerte!
Nesse momento, ele pára pra você, abre suas portas e você embarca.
Algumas vezes você consegue um bom lugar, se acomoda e fica bem ali.
Esse seria um bom namoro.
Outras vezes, é um ônibus cheio, apertado...
Esse vai ser um namoro complicado.

O caminho começou.
Você está seguindo adiante.
Vai reparando na paisagem ( seja bonita ou não)
E percebe que TUDO TEM O SEU MOMENTO!
Sabe que é impossível passar por tal praça
Sem antes passar por uma esquina X.
O primeiro aprendizado, então:
RESPEITAR a ordem das coisas.

Mas, aí, no meio do caminho, o ônibus quebra.
Seria a briga do casal.
O que fazer?
Deve-se parar e esperar o ônibus ser arrumado?
Será que vale a pena?
Normalmente, o ônibus vai ficar lá, por que ninguém quer perder tempo, não é?
Todos temos pressa! Precisamos chegar lá...
Onde é lá?

Bom, o mais comum mesmo é pegar outro ônibus
Não é?
Se você parar pra pensar...
Quantas vezes você mesmo tem sido ônibus quebrado na vida das pessoas?
Estava indo bem, no caminho certo, mas resolveu quebrar?
Além de interromper a ida da pessoa que estava com você,
VOCÊ mesmo fica ali parado, vendo tudo passar.
Atrapalha-se o trânsito, tudo fica um caos...

Pare pra analisar e tente não ser um ônibus quebrado na vida das pessoas
e muito menos na sua própria.
Ônibus quebrado, fica pra trás...

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Alegria, Alegria. - por Thiago Assoni


Alegria é ver o sol nascer logo pela manhã...
Surgindo lá no fim do mundo,
Naquela risca tão longe que chamamos de Horizonte...

Ver o dia vindo de vagar, sentar e sentir.
Apenas assistir.
Ver as nuvens em metamorfose,
criando coelhinhos e cachorros no céu
Talvez céu azul... Ou não.







Alegria e acordar em dia de chuva.
Dia cinza, som gutural invadindo nossos ouvidos.
Um sopro que sussurra coisa nenhuma,
mas diz tanta coisa.

Ver o mato molhar.
Sentir o vento úmido.
Observar a folha sendo levada pela água
que escorre na rua.



Alegria é...
O que é sua alegria?
Eu não procuro em coisas grandes.
A alegria está nas pequenas coisas
e isso não é frase feita, apesar de ser.


Sou mais parar e sentir o vento
Olhar o nada e nada esperar.
Pra que tanta pressa?
Um mundo onde as pessoas não se olham
não se falam
não sorriem...
Eu prefiro escrever
Quero ouvir boa música
que tenha um refrão mais produtivo do que
uma companhia de barás e beres
ou coisas tolas assim.





Só quero viver.
Não quero saber.
Saber pra quê?
A sabedoria é linda
Mas enlouquece quem muito sabe.

E assim sou alegre.
Apenas assim.
Vivendo e sentindo.
Essa é minha alegria.

Da Vantagens de ser Bobo - Clarice Lispector ( Completo )



O bobo, por não se ocupar com ambições, tem tempo para ver, ouvir e tocar o mundo. O bobo é capaz de ficar sentado quase sem se mexer por duas horas. Se perguntado por que não faz alguma coisa, responde: "Estou fazendo. Estou pensando." 

Ser bobo às vezes oferece um mundo de saída porque os espertos só se lembram de sair por meio da esperteza, e o bobo tem originalidade, espontaneamente lhe vem a idéia. 

O bobo tem oportunidade de ver coisas que os espertos não vêem. Os espertos estão sempre tão atentos às espertezas alheias que se descontraem diante dos bobos, e estes os vêem como simples pessoas humanas. O bobo ganha utilidade e sabedoria para viver. O bobo nunca parece ter tido vez. No entanto, muitas vezes, o bobo é um Dostoievski. 

Há desvantagem, obviamente. Uma boba, por exemplo, confiou na palavra de um desconhecido para a compra de um ar refrigerado de segunda mão: ele disse que o aparelho era novo, praticamente sem uso porque se mudara para a Gávea onde é fresco. Vai a boba e compra o aparelho sem vê-lo sequer. Resultado: não funciona. Chamado um técnico, a opinião deste era de que o aparelho estava tão estragado que o conserto seria caríssimo: mais valia comprar outro. Mas, em contrapartida, a vantagem de ser bobo é ter boa-fé, não desconfiar, e portanto estar tranqüilo. Enquanto o esperto não dorme à noite com medo de ser ludibriado. O esperto vence com úlcera no estômago. O bobo não percebe que venceu. 

Aviso: não confundir bobos com burros. Desvantagem: pode receber uma punhalada de quem menos espera. É uma das tristezas que o bobo não prevê. César terminou dizendo a célebre frase: "Até tu, Brutus?" 

Bobo não reclama. Em compensação, como exclama! 

Os bobos, com todas as suas palhaçadas, devem estar todos no céu. Se Cristo tivesse sido esperto não teria morrido na cruz. 

O bobo é sempre tão simpático que há espertos que se fazem passar por bobos. Ser bobo é uma criatividade e, como toda criação, é difícil. Por isso é que os espertos não conseguem passar por bobos. Os espertos ganham dos outros. Em compensação os bobos ganham a vida. Bem-aventurados os bobos porque sabem sem que ninguém desconfie. Aliás não se importam que saibam que eles sabem. 

Há lugares que facilitam mais as pessoas serem bobas (não confundir bobo com burro, com tolo, com fútil). Minas Gerais, por exemplo, facilita ser bobo. Ah, quantos perdem por não nascer em Minas! 

Bobo é Chagall, que põe vaca no espaço, voando por cima das casas. É quase impossível evitar excesso de amor que o bobo provoca. É que só o bobo é capaz de excesso de amor. E só o amor faz o bobo.